Desfile cívico-pedagógico de 7 de setembro atrai multidão na avenida Castelo Branco

0

Cerca de 7 mil pessoas compareceram ao centro de São Geraldo do Araguaia, na manhã deste sábado, 7 de setembro, para prestigiar o desfile cívico-pedagógico realizado pelas escolas do núcleo urbano do município. O ato celebra os 197 anos de Independência do Brasil.

O momento cívico foi protagonizado por cerca de 5 mil estudantes de ensino fundamental e médio de 20 escolas de São Geraldo do Araguaia que saíram em marcha pela Avenida Castelo Branco. O ato crava a marca de maior evento público realizado na área da educação municipal com interação direta entre escola e comunidade.

O desfile cívico-pedagógico iniciou às 8 horas com execução dos Hinos Nacional e do Município pela Banda de música 𝗔𝗺𝗮𝗻𝗵𝗲𝗰𝗲𝗿, composta por 170 membros.

𝗢𝗯𝗷𝗲𝘁𝗶𝘃𝗼

Conforme a Secretaria Municipal de Educação (Semed), o desfile visa resgatar o sentimento de civismo, cidadania e patriotismo da comunidade escolar do município, através do amor e respeito à Cidade, Estado e Pátria.

Sob o olhar atento das pessoas, inclusive de autoridades políticas, religiosas e comunitárias, as escolas apresentaram vários temas de relevância social, cultural e histórico de São Geraldo.

𝗧𝗲𝗺𝗮𝘀

Os temas abordados pelas escolas estão dentro do projeto 𝗠𝗲𝗺𝗼́𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝗺𝗶𝗻𝗵𝗮 𝗰𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲 que a Semed desenvolveu com as unidades de ensino durante este ano.

Cada escola apresentou na avenida uma temática de livre escolha dentro da perspectiva da Semed. Assim, os assuntos versaram sobre o homem e o meio ambiente local; agropecuária municipal; bandeira e brasão de São Geraldo do Araguaia – a flâmula municipal foi criada pelo professor Edílson Mendes Araújo; Rio Araguaia; potencialidades econômicas do município; belezas e riquezas ambientais, enfatizadas na fauna e flora; e a história dos bairros Beira Rio e Alto BEC.

𝗘𝘅𝗲𝗰𝘂𝘁𝗶𝘃𝗼 𝗲 𝗹𝗲𝗴𝗶𝘀𝗹𝗮𝘁𝗶𝘃𝗼

Também foi apresentada na avenida a linha do tempo dos poderes executivo e legislativo do município. Foram homenageados todos os vereadores no decorrer das oito legislaturas do município e também os cinco prefeitos que já governaram São Geraldo do Araguaia durante os 31 anos de emancipação política.

𝗘𝘅-𝗽𝗿𝗶𝗺𝗲𝗶𝗿𝗮-𝗱𝗮𝗺𝗮

Foi contada também a história da Escola Raimundo Ferreira Lima; a emancipação política do município; e ainda homenageada a primeira ex-primeira-dama de São Geraldo do Araguaia, Ziudália Leão Alencar Lima.

As escolas também celebraram a memória do evangelho na cidade; a união entre família e escola em prol da educação municipal; bem como sobre projetos pedagógicos desenvolvidos nas unidades de ensino no decurso do ano letivo.

𝗨𝗻𝗶𝗳𝗲𝘀𝘀𝗽𝗮

Também marcaram presença no desfile cívico-pedagógico alunos da turma do curso Sistemas de Informação oferecido pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e de um curso pré-militar de uma instituição particular que funcionam no município. O corpo de Bombeiros Civis encerrou o desfile de 7 de setembro de 2019 no município.

𝗘𝗹𝗼𝗴𝗶𝗼𝘀

O evento agradou a comunidade em geral. A estudante de ensino médio na Escola Lenílson Miranda, Maria Eduarda, disse que o desfile Ressignifica a data comemorativa. “Esse desfile faz as pessoas relembrarem a importância da Independência do Brasil. Gostei muito dos temas apresentados pelas escolas. A gente se emociona ao ver os colegas na avenida. Gostei muito”, elogiou.

𝗠𝗮̃𝗲 𝗱𝗲 𝗮𝗹𝘂𝗻𝗼

A mãe de um aluno do ensino fundamental, Luiza dos Santos, também elogiou o evento cívico. “Através desse desfile as crianças aprendem ainda mais sobre a história do Brasil e também sobre o município. Meu filho aprendeu muito. Parabenizo os professores, diretores, coordenadores das escolas e o pessoal da prefeitura que se esforçaram para realizar esse momento importante para a sociedade de São Geraldo do Araguaia”, agradeceu.

𝗗𝗶𝗿𝗲𝘁𝗼𝗿𝗮

“É um trabalho exaustivo, mas vale a pena ver os alunos aprendendo mais sobre a história do Brasil contextualizada com a do município. O resultado desse esforço é essa maravilha de desfile cívico que podemos presenciar na avenida. Isso recompensa todo o trabalho de professor e aluno diante sobre uma comunidade presente que deu vida a esta cidade”, sublinhou Josélia Fonseca, diretora da Escola Dom Sebastião Tomás.

𝗔𝘂𝘁𝗼𝗿𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲𝘀

Compuseram o palco de autoridades durante o desfile pátrio o Prefeito Edilson da Emater; os secretários municipais de educação, assistência social, agricultura e saúde, Maria Eunízia, Nice Carvalho, José Juranês e Lenice Lage, respectivamente; o Coordenador-geral do desfile no município, Marcos Hôndulo; e a diretora de ensino, Mauriza Gomes; além membros da equipe técnica-pedagógica da Semed.

Também integraram o palco de autoridades no ato patriótico, o presidente da câmara municipal, vereador Zeca e os colegas Alfileno e Nilva Brandão. O chefe da unidade avançada do Incra de São Geraldo, Leandro de Sá, e o pastor Marinaldo Sores também compuseram o palco oficial do desfile cívico na Avenida Castelo Branco.

𝗗𝗶𝘀𝗰𝘂𝗿𝘀𝗼𝘀

O prefeito Edilson da Emater falou da importância de resgatar o desfile cívico nas escolas do município. “O desfile reforça o sentimento de civismo que existe em cada São-geraldense. É nosso dever enquanto gestão incentivar esse sentimento e oportunizar um momento tão importante como este para a sociedade de São Geraldo do Araguaia”, destacou Edilson.

𝗦𝗲𝗺𝗲𝗱

Para a secretária de educação Maria Eunízia a materialização do desfile é um o resultado do trabalho de uma equipe unida e comprometida em melhorar a qualidade do ensino municipal. “É momento de agradecer aos professores e pais de alunos pelo trabalho dedicado aos temas e também pela confiança em fazer um evento cívico-pedagógico tão importante no âmbito da educação de São Geraldo do Araguaia”, reconheceu Eunízia.

𝗖𝗼𝗼𝗿𝗱𝗲𝗻𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼

O coordenador-geral do desfile no município, Marcos Hôndulo, falou da gratificante e exaustiva tarefa de coordenar o evento cívico municipal. Para ele o trabalho em equipe foi fundamental para o sucesso do trabalho.

“Valeu a pena cada minuto de tensão vivido em prol da realização desse desfile. Esse evento é o resultado da força de trabalho de uma equipe formada por professores, familiares, diretores e coordenadores de escolas que apoiaram o projeto e se empenharam para ele acontecer brilhantemente aqui na avenida”, enalteceu Marcos, reconhecendo o apoio que recebeu de seus colegas da Semed.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade