História de São Geraldo do Araguaia


São Geraldo do Araguaia é um município brasileiro do sudeste do estado do Pará.

História

Fundada em 1952 por garimpeiros e exploradores de bertholletia excelsa e bauxita oriundos da margem direita do rio Araguaia onde fica a cidade Xambioá. Inicialmente o vilarejo se formou na desembocadura do rio que leva o nome da cidade de Xambioá no diminutivo, como assim foi chamada a nova cidade de Xambioazinho.

Posteriormente veio a ser chamada de São Geraldo em homenagem ao filho do dono das terras da região que se chamava Geraldo; o mesmo doou a área com esse propósito.

A localidade foi um dos teatros da Guerrilha do Araguaia, o maior conflito militar em território brasileiro no século XX.

POPULAÇÃO

  • População estimada [2020] – 24.705 pessoas
  • População no último censo [2010]  25.587 pessoas
  • Densidade demográfica [2010] 8,08 hab/km²

Geografia

Localiza-se a uma latitude 06º24’02” sul e a uma longitude 48º33’18” oeste, estando a uma altitude de 145 metros. Sua população estimada em 2015 era de 24.607 habitantes. Próximo a esse município localiza-se a Serra das Andorinhas, um dos principais pontos turísticos da região.

Infraestrutura

Acessos
O município é cortado pelas rodovias BR-153 e PA-477, que dá acesso tanto ao estado do Tocantins, quanto aos municípios limítrofes no estado do Pará.

O acesso ao estado do Tocantins ainda é feito por balsas, visto que não há pontes para a travessia no rio Araguaia; a ordem de serviço para construção de uma ponte foi assinada pelo governo federal em setembro de 2017.

Educação

A única universidade pública com polo no município é a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, que oferta a graduação intervalar de Sistemas de Informação.