Jornal impresso vira ferramenta pedagógica em São Geraldo do Araguaia

0

Professores da área de linguagem que trabalham nas Escolas Dom Sebastião Tomás e Juvenal Pinheiro dos Santos, em São Geraldo do Araguaia, participaram de uma oficina pedagógica com objetivo de inserir jornal impresso como ferramenta pedagógica para letramento nas aulas do ensino fundamental no município. A capacitação, ministrada pelo professor e jornalista Nilson Amaral, aconteceu na Escola Juvenal Pinheiro na última semana de outubro.

A formação é mais uma ação que a secretaria municipal de educação (Semed) está desenvolvendo com fins a atingir a meta estabelecida para aumentar a nota das escolas de São Geraldo do Araguaia na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador da qualidade da educação básica no Brasil.

Durante o encontro, os educadores desenvolveram dinâmicas com jornal impresso para aplicar nas aulas da área de linguagem. Os educadores também aprenderam técnicas para produzir texto jornalístico, entre outros gêneros textuais exigidos no ensino fundamental.

Para a professora Maria das Dores Pego de Macedo, a formação foi bastante proveitosa. “O jornal impresso como ferramenta pedagógica possibilita diversas formas de trabalhar outros gêneros textuais. Por meio dessa ferramenta também podemos trabalhar interdisciplinaridade nas turmas. Percebi que o jornal impresso é uma ferramenta que envolve mais os alunos e pode tornar o aprendizado mais coeso e atraente”, elogiou.

O professor Francisco Chaves também gostou da formação. “Gostei bastante da capacitação. Aprendi que o jornal impresso pode se tornar uma ferramenta pedagógica importante para auxiliar no processo de aprendizagem dos alunos, inclusive em disciplinas de língua estrangeira”, sublinhou.

A gestora da Escola Juvenal Pinheiro, Jéssica Noleto, também elogiou a oficina pedagógica. “A formação foi de grande contribuição para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem, sobretudo, na área de linguagem. A partir das dinâmicas desenvolvidas na formação o professor regente pode inovar sua prática em sala de aula. Isso, certamente, se converte em aulas mais atraentes, participativas e proveitosas”, enalteceu.

A oficina pedagógica é um projeto piloto que a Semed visa implantar nas escolas do ensino fundamental para estimular a leitura e produção escrita dos estudantes.

Após inserir o jornal impresso como ferramenta pedagógica na prática docente, os professores das escolas envolvidas no projeto vão formar uma equipe de jornalistas mirins para produzir, bimestralmente, um jornal escolar com fins a divulgar as ações pedagógicas desenvolvidas em suas respectivas escolas.

Conforme o ministrante da oficina, o jornal escolar servirá para publicação de resenhas e resumos de livros que os alunos leem durante o bimestre, entre outros itens que os professores julgar pertinentes. “O jornal escolar será distribuído para as famílias do bairro em que a escola está inserida. Certamente, será mais meio de estimular a leitura escrita entre os familiares dos alunos”, concluiu.

(Ascom)

????????????????????????????????????

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade