Um dia após tratar com lideranças indígenas da quatro aldeias da Terra Indígena Sororó, o prefeito Dr. Jefferson reuniu na aldeia Ytahy com representantes da comunidade Suruí. Na oportunidade abordaram sobre parcerias entre o poder público municipal e os indígenas para melhorar a qualidade de vida das pessoas que moram na aldeia. O encontro aconteceu na casa do cacique Helton Suruí.
Acompanhavam o gestor, a secretária de administração, Maria Eunízia; a secretária de educação, Carleny Botelho; o secretário de esportes, Irenaldo Araújo, o secretário de agricultura, Alberto Laranjeira; e a secretária executiva da Semed, Eunice Miranda. Também acompanharam o prefeito os vereadores Rômulo Assunção e Tião Arrais.
𝗣𝗮𝘂𝘁𝗮
A pauta Itahy constava iluminação pública da aldeia e ampliação da rede de energia elétrica na comunidade; conclusão da construção da escola da aldeia; criação do departamento municipal de educação indígena; perfuração de poço artesiano no local para atender a unidade escolar e as casas da comunidade; contratação de garis para coletar o lixo gerado nas cinco aldeias localizadas no município (Itahy, Tukapehy, Ietá, Ipirahy Awssehé); projeto de intervenção para preservação do Ria Gameleira; beneficiamento do solo para plantio de roça, entre outros assuntos relacionados ao dia a dia da comunidade indígena.
𝗔𝘃𝗮𝗹𝗶𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗱𝗼 𝗖𝗮𝗰𝗶𝗾𝘂𝗲
O cacique elogiou o encontro. “Hoje é motivo de honra para todos nós desta aldeia receber o prefeito Dr. Jefferson para ouvir nossas demandas. Foi uma reunião importante. Tivemos grandes encaminhamentos em nossa pauta. Estamos agradecidos pelos compromissos firmados nesta tarde de hoje. Tenho certeza que todos serão honrados pela gestão”, avaliou Helton Suruí.
𝗣𝗿𝗲𝗳𝗲𝗶𝘁𝗼
Durante a reunião, o gestor reafirmou o compromisso da gestão. “Nosso governo visa o desenvolvimento integral do município. Precisamos ouvir as demandas da comunidade para estudar a viabilidade de atender todos da melhor forma possível. Dentro de nossas possibilidades vamos procurar o melhor para todos”, disse Dr. Jefferson aos indígenas.
𝗘𝗻𝗰𝗮𝗺𝗶𝗻𝗵𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼𝘀
Sobre a iluminação o gestor determinou reparo na rede elétrica atual com substituição das lâmpadas queimadas. Em seguida, será feito orçamento para ver a possibilidade de ampliação da rede elétrica da aldeia.
𝗘𝘀𝗰𝗼𝗹𝗮
Em relação a obra da escola, o gestor informou que enquanto uma equipe técnica da prefeitura começa a manutenção do telhado da unidade escolar para evitar corrosão pelo cupim, a outra aciona o FNDE para acelerar o repasse do restante do recurso para conclusão da obra.
Já sobre o gradeamento de área na aldeia, o prefeito destinou ao secretário de agricultura fazer análise do solo para, se necessário, iniciar o processo de correção do terreno agricultável. Os indígenas vão definir o tempo de começar o serviço pelo poder público.
𝗚𝗮𝗺𝗲𝗹𝗲𝗶𝗿𝗮
Sobre a preservação do Rio Gameleira, a Secretaria de Meio Ambiente do Município (Semma) vai promover campanha de educação ambiental para sensibilizar moradores da vila próxima a aldeia para não descartar lixo no leito do rio; também serão instaladas lixeiras em locais estratégicos para receber o lixo gerado na comunidade.
Sobre o descarte do lixo, a Semma também vai realizar oficinas com a comunidade para confecção de produtos artesanais e compostagem e ainda instalar placas informativas à margem do rio.
𝗘𝘀𝗽𝗼𝗿𝘁𝗲𝘀
Em relação ao esportes, foi reafirmado que os indígenas participarão do campeonato “Copão Rural”, evento esportivo que será realizado pela gestão exclusivamente para esportistas das vilas do município com participação especial dos indígenas, que também vão integrar outros eventos que constam no calendário esportivo municipal.
Em função da redução dos recursos enviados para o município por causa da pandemia, os demais pontos da pauta Itahy que demandam recursos serão encaminhados no decorrer da gestão. “Vamos aguardar estabilizar os repasses dos recursos destinados ao município e analisar a viabilidade de atender as demais demandas”, explicou o gestor aos indígenas que compreenderam a instabilidade econômica causada pela pandemia do nono coronavírus.

COMPARTILHAR