Vacina contra gripe acontece em casa por causa do Coronavírus

0

Equipes dos postos de saúde de São Geraldo do Araguaia estão visitando as residências do município para vacinar contra gripe pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da saúde. Ação faz parte da primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que foi antecipada por causa da pandemia do coronavírus (Covid-19). A Prefeitura adotou estratégia da vacinação domiciliar para evitar aglomeração de pessoas e também a possibilidade do contágio do coronavírus.

𝗡𝗮̃𝗼 𝘀𝗲𝗿𝘃𝗲 𝗽𝗮𝗿𝗮 𝗖𝗼𝘃𝗶𝗱-𝟭𝟵
A coordenadora da campanha de vacinação em São Geraldo, Juliana Angélica Marcos da Silva de Souza, explica que a vacina não serve para proteger contra Covid-19. “O coronavírus ainda não tem vacina é nem medicação específica por isso a prevenção é ficar em casa e manter a higiene e etiqueta respiratória. Pode aguardar que a equipe de saúde da sua área chegará a sua residência”, detalhou Juliana.

Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes. A segunda etapa começa dia 16 de abril com objetivo de vacinar gestantes, puérperas (com até 45 dias após o parto), crianças a partir de seis meses de idade e menores de 6 anos de idade.

𝟯ª 𝗳𝗮𝘀𝗲
A última fase acontece entre 9 a 22 de maio. Nessa fase serão vacinados professores, equipes que trabalham nas forças de segurança e salvamento; pacientes com doenças crônicas, como asma, diabetes, doenças imunossupressoras e outras.

𝟱𝟱 𝗮 𝟱𝟵 𝗮𝗻𝗼𝘀
Também serão vacinados povos indígenas e demais grupos prioritários, inclusive dois novos públicos inseridos a partir deste ano que são os adultos de 55 a 59 anos e as pessoas com limitação física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla.

𝗗𝗶𝗺𝗶𝗻𝘂𝗶 𝘀𝗶𝗻𝘁𝗼𝗺𝗮𝘀
A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento crítico, auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos.

𝗔𝗹𝘁𝗼 𝗦𝗼𝗰𝗼𝗿𝗿𝗼
Na imagem abaixo, a equipe do Posto de Saúde do Bairro Alto Socorro composta pela enfermeira Andressa Milhomem e os agentes de saúde Edna Nonato, Luciane Sousa, Oneide Pereira e Junior César no momento em que saía para campo vacinar.

COMPARTILHAR:
Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade